sábado, 27 de março de 2010

Turquia

De 11 a 18 de Março, as babes foram até à Turquia dar uma primeira pisadela no continente Asiático. Destino?

E íamos preparadas!

As emigras encontraram-se com o resto das babes, aka 7 anões (sim, óbvio, eu era a Mestre!) já em Antalya.
(Lá por a foto ter sido tirada no bar do hotel, não quer dizer que o nosso tempo tenha sido despendido só ali!)


E ficámos num belo resort de 5 estrelas. "5 estrelas de acordo com as regras locais" dizia a brochura... Pois, nós percebemos...
Os carros turcos mostram a vontade do país em entrar para a União Europeia. São eles a entrar e as oficinas a imprimir 12 estrelinhas nas matrículas!

Visitámos uma kervansaray, onde viajantes podiam descansar depois de um dia de viagem. Um "caravanserai" tinha uma forma quadrada ou rectangular com uma porta enorme que permitia a entrada de camelos. O páteo interior era descoberto e no meio encontrava-se uma mesquita. Este páteo era rodeado por quartos que acomodavam os mercadores, escravos, animais e mercadorias.



Provámos chá. Chá de tudo. Chá de maçã. Chá de morango. Chá preto (que não ajuda nas ressacas!). Chá por todo o lado!

E também provámos uma borra de café... Dizem que é o típico café turco... Eu acho que nos deram os restos das borras da máquina mas tudo bem!

Fomos à praia. Calhaus em vez de areia. Não há ondas. Mas o mar é azulinho, azulinho! E quentinho! Os meus Merrel que o digam!
Já na Cappadocia fomos ao Museu Aberto de Göreme, igrejas medievais escavadas na rocha entre 900 e 1200 por monges ortodoxos. Sim, a Turquia não foi muçulmana desde sempre e no século IV Cappadocia era conhecida pela terra dos 3 santos. Reitorias, habitações e mesmo uma escola religiosa podem ser aqui visitados.

E na Cappadocia andámos de balão e vimos as "Chaminés de Fada" de cima!

E também fomos ver danças típicas turcas,


e visitámos uma oficina onde se fazem tapetes e vimos o processo desde os bichinhos da seda
até à manufactura do tapete. E eu dei uma mãozinha.

Vestimo-nos a rigor e ficámos bem mais bonitas!!
E em Konya, a cidade religiosa da Turquia equivalente à nossa Fátima, visitámos uma mesquita.O sapatinho foi tirado à entrada e o cheiro a chulé era sentido lá dentro. ("Ai, não posso! Ela acabou de escrever chulé no blog!!!"... Querem que lhe chame o quê?? Fedor?? Pronto, seja fedor!)


Falando em mesquitas... todos os dias a minarete falava... Durante 15 minutos alguém se punha para lá a falar... 5 vezes ao dia... a primeira logo ao nascer do dia, por volta das 5 da manhã... Todos os dias isto:
(mas por 15 minutos!!!)

video

E assim foi, mais uma viagem!

Até à próxima!

3 comentários:

Dunguinha disse...

Eu propria nao poderia ter descrito a viagem melhor.. Quer dizer.. Ate poderia ja que eu faco tudo de uma forma espectacular!!!!! lol...

E a proxima viagem ja esta marcada!!!! =D

Fil disse...

As próximas!xD

Paula Costa disse...

Adorei, tao muito loucas beijinhos da amiga Paula